best gaming mouse

Capa do Álbum: best gaming mouse
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
best gaming mouse
Ícone seta para a esquerdaVeja todas as Notícias.

Curiosidade Artista da Semana: Conquistas de Barbra Streisand no mundo do cinema

Saiba os maiores feitos da cantora em Hollywood

Placeholder - loading - Conquistas de Barbra Streisand no mundo do cinema.Divulgação
Conquistas de Barbra Streisand no mundo do cinema.Divulgação

Publicada em  

Barbra Streisand é, sem dúvida, uma lenda no mundo da música! Ela é a única artista a ter um álbum número um em cada uma das últimas seis décadas e é uma das artistas mais vendidas de todos os tempos. Mas você sabia que, além de estar envolvida na indústria fonográfica, nossa artista da semana também tem uma influência gigantesca no mundo do teatro musical e do cinema?

Ela é uma das estrelas mais distintas e duradouras que surgiram em Hollywood, em meados dos anos 1960, com o nascimento do movimento 'New Hollywood'. Ela irrompeu na tela com uma performance que simultaneamente evocou e modernizou muitas marcas registradas de artistas clássicos de palco e tela. Ela tem tantas realizações que é até difícil mencionar todas, mas a best gaming mouse separou algumas curiosidades sobre a artista:


Estrela de 'Funny Girl'

Barbra Streisand em 'Funny Girl'.Divulgação
Toque para aumentar

Quando a artista chegou a Hollywood em 1967 para filmar sua estreia no cinema em “Funny Girl”, de William Wyler, ela já era uma estrela indicada ao Tony e ganhadora do Grammy, que ainda não havia consolidado sua ascensão no cinema. Um musical biográfico da comediante burlesca Fanny Brice, “Funny Girl” foi um sucesso na Broadway quando estreou em 1963. E quando foi para as telas, o mundo viu o poder da atuação de Streisand: mesmo invisível na época, ela chamou muita atenção.

No entanto, a Columbia Pictures duvidava do apelo comercial de Streisand, devido à sua aparência pouco ortodoxa (eles preferiram a amiga de Streisand, Shirley MacLaine). Foi necessária a inflexibilidade do produtor Ray Stark, que ameaçou ir embora se Streisand não recebesse o papel, para garantir que a atriz estrelasse.

Assistir “Funny Girl” é testemunhar uma artista nata não apenas aproveitando seus holofotes, mas também usando-os com confiança para aprimorar sua arte e desenvolver suas habilidades. Streisand pode ter sido nova neste meio, mas a câmera nunca diminuiu sua presença grandiosa e magnetizante. O filme mantém o que fez de Streisand uma personalidade extremamente envolvente nos palcos e adapta-o para se adequar aos enquadramentos e ângulos de uma forma de arte que pode ser muito mais íntima e expansiva do que um palco de proscênio.

E toda essa performance fez com que a artista se tornasse uma das poucas pessoas na história do cinema a ganhar um Oscar por seu primeiro papel.


Compositora de ‘Evergreen’

Para os fãs de Barbra Streisand, “Evergreen” é uma música que tem o poder de transportar o ouvinte para um lugar especial, diferente. A faixa foi lançada como single em 1976 e apresentado no filme “Nasce uma Estrela” e rapidamente se tornou um dos maiores sucessos da artista.

As origens de inspiração começam em 1974, quando Streisand foi convidada para interpretar o papel principal no longa no qual a música está inserida. “Nasce uma Estrela” conta a história de uma jovem cantora que se torna famosa com a ajuda de um astro do rock mais velho, e exigia uma trilha sonora repleta de canções originais.

Assim, Streisand, que tinha pouca experiência em escrever música na época, resolveu se desafiar e colaborar com o renomado compositor Paul Williams. Este explicou que havia escrito a melodia de “Evergreen” antes mesmo de conhecer a artista. Mas, anteriormente, ele chamou a faixa de “Love Theme from A Star is Born”, inicialmente planejada para ser usada como peça instrumental no filme.

No entanto, quando Barbra ouviu a melodia, ela imediatamente se apaixonou por ela e convenceu Williams a adicionar uma letra que se encaixasse na história do filme e no relacionamento romântico entre os personagens principais. O resultado do sucesso que eles criaram foi claro: ela se tornou a primeira mulher a receber um Oscar por uma composição musical, vencendo a categoria Melhor Canção Original.


Produziu, dirigiu e atuou em ‘Yentl‘

Capa de 'Yentl'.Divulgação
Toque para aumentar

Um dos maiores desafios da carreira de Streisand foi o filme “Yentl”: um pássaro cujas asas foram cortadas antes mesmo de ter a chance de levantar voo. Baseado no clássico conto de Isaac Bashevis Singer, o longa-metragem de 1983 foi roteirizado, dirigido, produzido e estrelado por ela. E, além de tudo isso ela ainda cantou no filme. Alternando rapidamente entre comédia, musical e drama, o filme nunca se define inteiramente por um gênero ou tom e parece contente em deixar as coisas assim.

A irreprimível Yentl (Streisand) sonha em se dedicar ao estudo do Talmud, mas se vê barrada por conta de preconceitos de gênero. “Eles estão falando sobre a vida, os mistérios do universo”, ela reclama, “e estou aprendendo a diferenciar o arenque de uma carpa!”, durante a narrativa. O drama musical conta sobre esta jovem judia que se disfarça de homem, para conseguir fazer o que quer.

Inicialmente, a artista ficou receosa em assumir funções de cineasta na adaptação cinematográfica do conto. “Tive medo de fazer isso sozinho”, reconheceu recentemente Streisand, aos 66 anos, para a revitsa Los Angeles Times. “Mas eu tive uma visão disso. Eu estava procurando um sinal para direcioná-lo ou não”.

Ela revelou que encontrou a inspiração para seguir com o filme no túmulo de seu pai, Emanuel Streisand - estudioso e professor que morreu quando ela tinha apenas 15 meses de idade. “Nunca tirei uma foto com meu pai”, disse ela. “Quando voltei para casa, meu irmão me enviou a foto do meu braço em volta da lápide. E acho que foi o [produtor] Rusty Lemorande quem disse: ‘Oh, meu Deus. Olha a foto". Na imagem, a lápide ao lado da de seu pai era de uma pessoa chamada “Anshel”, nome que sua personagem Yentl adotaria quando se torna homem. “Esse foi o sinal”, disse Streisand.

Assim, Barbra lutou incansavelmente para tornar o projeto uma realidade e ganhou o Globo de Ouro de Melhor Diretor e Melhor Filme Cômico ou Musical. Além disso, foi premiada com o Oscar de Melhor Musical Original.


Vencedora do EGOT

Barbra Streisand.Divulgação
Toque para aumentar

No final do dia, Barbra Streisand é uma das 18 figuras que carrega o indescritível título de vencedora do EGOT- ela ganhou umEmmy,Grammy,OscareTony por seus esforços criativos. Estas são consideradas as quatro principais premiações no mercado de entretenimento nos Estados Unidos. Os eventos homenageiam realizações cinematográficas, de televisão, teatro e música.

Barbra Streisand é uma mulher que esbanja poder e determinação dentro da indústria do entretenimento, construindo uma carreira de prestígio que é apreciada por todos até hoje.

Veja também:

BOB DYLAN ANUNCIA NOVOS SHOWS PARA 2023

THE WEEKND QUEBRA RECORDE DE VENDAS DO ESTÁDIO DE WEMBLEY

Descontos especiais para distribuidores

Últimas Notícias

  1. Home
  2. noticias
  3. curiosidade artista da semana …

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.

best gaming mouse Mapa do site